Informativo da Secretaria Executiva do PRST

Presbitério de Santos

Somos 07 igrejas no Litoral Paulista. Visite-nos!

Presbitério de Santos

Crescemos bem ajustados para a glória de Deus.

2019

Que Deus nos ajude!

Presbitério de Santos

Somos uma federação de igrejas presbiterianas do Brasil. Saiba mais sobre nós!

Presbitério de Santos

Deus abençõe nossos pastores! Conheça-os aqui!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

ABENÇOADO ANO NOVO


Prezados pastores e representantes das igrejas:

O coração diz "Amém" à providência de 365 dias do ano de 2016. É possível contar as muitas lutas e privações. Mas cada dia a misericórdia de Deus se renovou de forma a tornar incontáveis as tantas bênçãos do Senhor nesse ano que finda.
A nossa gratidão a todos que fizeram com que o PRST funcionasse bem ajustado para a glória de Deus. A cada pastor e representante das igrejas o nosso desejo de que o Senhor os abençoem com a providência de mais 365 dias: o ano de 2017.
Estaremos juntos! A bondade de Deus prevalecerá e nossas igrejas será, como é, o resplendor da obra salvadora de Cristo. Tenham um abençoado Ano Novo!

Rev. J. A. Lucas Guimarães - SE/PRST
Compartilhe:

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

2017: SEJA BEM-VINDO!


2017: Seja bem-vindo! Essa bondade de Deus teremos em 365 dias!
Compartilhe:

PASTOR DO PRST FALA SOBRE NATAL NA TVB


O Rev. Vulmar Dutra de Rezende, pastor da Igreja Presbiteriana de São Vicente/SP e Vice-presidente do PRST participou do Programa "Notícias em Debate" pela TVB (Band Litoral) no dia 23/12/16 para, juntamente com a professora de História, Melissa Vicente, comentar sobre questões relacionadas ao nascimento de Jesus Cristo.
Excelente oportunidade para cada um de nós aprofundarmos no conhecimento sobre esse assunto e reafirmar nossas convicções da importância do nascimento de Jesus.
Nossa gratidão ao Rev. Vulmar pela exposição. Que Deus o abençoe!

N.D - Vulmar Dutra e Melissa Vicente - 23/12/16 - BL_02


Compartilhe:

NATAL: VITÓRIA SOBRE O MEDO


Um sentimento que passa pelo submundo da vinda de Jesus foi o medo.
O primeiro a ter medo foi Zacarias:
"Disse-lhe, porém, o anjo: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida..." (Lc. 1.13).
Ele viria a ser pai daquele que abriria o caminho ao Senhor. Nem tudo na preparação do Natal trouxe alegria, paz e segurança. Zacarias temeu por ser homem idoso e não saber como poderia acontecer tornar-se pai.
Em seguida, Maria teve medo ao ser anunciada como mãe do Salvador: "Mas o anjo lhe disse: Maria, não temas; porque achaste graça diante de Deus" (Lc. 1.30).
José também temeu: "Em sonho, um anjo do Senhor apareceu dizendo: José, filo de Davi, não temas receber Maria, tua mulher, porque o que nela foi gerado é do Espírito Santo" (Mt. 1.20). Ele se viu num conflito pessoal e decidiu deixá-la secretamente.
Quando a notícia do nascimento de Jesus foi dada aos pastores eles também ficaram tomados de grande temor: "O anjo, porém, lhes disse: Não temais...".
Finalmente, Herodes também ficou temeroso diante da notícia do nascimento de um novo rei (Mt. 2.3).
A vinda de Jesus causa temor porque ela causa duas consequências: ruína e levantamento (profecia de Simeão - Lc. 34). Ruína para os que não se arrependem. Levantamento para aqueles que creem em Jesus, confessam seus pecados e se arrependem.
Diante de nós estão a vida e a morte. Caminho de bênção ou de maldição. Muitos temeram ao ouvir da vinda de Jesus. Deus nos diz: "não tenha medo" de viver uma vida que se submeta a Ele como fizeram Zacarias, Maria e José. Qual será a nossa posição?

* * *
Esboço da mensagem proferida pelo Rev. Milton Ribeiro, presidente do PRST, na Igreja Presbiteriana Jardim de Oração no Culto de Natal (25/12/16).
Compartilhe:

sábado, 24 de dezembro de 2016

FELIZ NATAL!


A manjedoura recebe o Salvador Jesus. A humildade se torna paradigma para compreender a graça amorosa de Deus.
Com os humildes, a Palavra encarnada tornar-se forjadora de coração transformados.
Natal é esse chamado para tornar os nossos corações em manjedouras: lugar onde Jesus nasce e onde os irmãos encontram lugar para serem amados no amor nascido em Belém.
Viva! Jesus nasceu! Nossa pregação tem sentido e nossa vida possui destino: temos um Salvador!
Aos pastores, presbíteros, diáconos e a todos os irmãos e irmãs que servem ao Senhor do Natal, o nosso desejo de que Deus o abençoe com um feliz Natal.

Rev. J. A. Lucas Guimarães
Secretário Executivo - PRST
Compartilhe:

E SE JESUS NÃO TIVESSE NASCIDO...

Presbitério de Santos - PRST

...Como seria o mundo? Creio que não seja uma pergunta difícil de se responder depois de dois mil anos da história humana sob a influência de Jesus Cristo. Ele não somente dividiu a história em antes e depois, mas sem sua inspiração grandes conquistas da humanidade não teriam acontecido.
O trágico do Natal não estar no seu aspecto comercial, mas na sua visível banalização. A sociedade cristã se esqueceu daquele que não só se tornou humano, mas humanizou o mundo.
Muitos desejaram que Jesus não tivesse nascido (será esse o caso do filósofo Nietzsche e de Freud, o pai da psicanálise?). Todavia, é necessário dizer a todos eles, bem como a líderes anticristãos, do passado e do presente, que o enorme impacto da vida de Jesus sobre o planeta Terra foi positivo e não negativo. Nem mesmo a falsa afirmação que mais pessoas foram mortas “em nome de Jesus” do que em qualquer outro nome pode ocultar essa verdade. Somente em nome do Estado secular ou de uma ideologia ateia foram mortas, durante o século XX, mais de 130 milhões de pessoas, sendo que “em nome de Cristo” não se chega a um décimo dessa cifra em vinte séculos. Se os mortos fossem causa de invalidade, tanto mais deveria tornar invalidas tais ideologias e ciências! Já o número de pessoas salvas “em nome de Cristo” através da pregação, da criação de orfanatos, escolas, hospitais, ajuda humanitária e combate ao aborto, desde os primeiros séculos, é incomparavelmente superior a todo esforço que qualquer ideologia secular tenha praticado.
A humanidade de Jesus elevou a dignidade humana e em nome dele as praticas desumanas foram desmotivadas. Através dos ensinos de Jesus, o mundo conheceu o impacto da compaixão e da misericórdia no auxílio aos pobres. Foi em nome de Cristo que as faculdades e escolas foram criadas com um distintivo: a educação para todos (Martinho Lutero). Foi em nome de Cristo que o governo democrático encontrou abrigo, como dizia D’Augibné, historiador francês: “Calvino foi o fundador das maiores repúblicas”. Foi em nome de Jesus Cristo que as liberdades civis se tornaram uma realidade. Foi em nome de Jesus Cristo que nasceu a ciência moderna (alguns dos maiores pioneiros da ciência eram cristãos comprometidos: Johannes Kepler, Blaise Pascal e Isaac Newton). Foi em nome de Jesus que a livre iniciativa e a ética do trabalho veio a tornasse um fator decisivo para a economia e desenvolvimento do mundo (ainda não estou falando da tese de Max Weber). Foi em nome de Cristo que o sexo e a família conheceu sua fundamentação voltada à vida. Foi em nome de Jesus que a saúde e a medicina foi incentivada. Foi em nome de Jesus que o mundo conheceu a normalização moral sob as volições das pessoas. Foi em nome de Jesus que o mundo conheceu a beleza das artes e da música como meio de reproduzir a glória de Deus. E, em nome de Jesus incontáveis pessoas foram consoladas com a esperança e concretude da vida eterna.
Lamento que, devido o espaço, não seja possível colocar para as afirmações acima as devidas provas. Mas o bom senso mostrará que não será fácil cuspir nesse prato que alimentou o mundo com tudo aquilo que nenhuma ideologia ou ciência fez: motivar para amar a Deus e ao próximo.
A arte de se doar e de alegrar os outros foi o presente que Jesus legou à humanidade a fim de levá-la a quebrar a solidão através da abertura dos braços ao braço, dos lábios ao sorriso e do coração ao amor. Se Jesus não tivesse nascido, pelo menos não teríamos como transformar o nosso coração em manjedoura para que o Filho de Deus nascesse em nós e com ele toda a bondade divina para conosco!
Feliz Natal!
Compartilhe:

sábado, 17 de dezembro de 2016

17/12: DIA DO PASTOR PRESBITERIANO


‘‘Rogai, pois, ao senhor da seara que mande que mande trabalhadores para a sua seara’’ (Mt. 9.38) foi a ordem dada pelo Senhor Jesus à sua igreja. Assim, cada pastor é resposta de oração. Aqueles que nasce no berço da oração, são os mesmos que devem ser honrados, pois velam por nossa alma ‘‘como quem deve prestar contas’’ (Hb. 13.17).
O Presbitério de Santos (PRST) tem como membros 17 pastores nascidos das orações da igreja:
Rev. Adilson de Jesus Silva
Rev. Carlos Esteves Teixeira Neto
Rev. Cyro de Oliveira
Rev. Diego Werner Cattermol Amaro
Rev. Edermandson Pinto Félix
Rev. Fabiano de Medeiros Soares Calixto
Rev. Fábio Ferraz Ciribelli
Rev. Giuliano Letieri Coccaro
Rev. Hélio Araújo da Silva
Rev. Ismar de Oliveira Freitas Junior
Rev. José Antônio Lucas Guimarães
Rev. José Carlos Bertoni
Rev. Luiz Henrique Portela Faria
Rev. Milton Ribeiro
Rev. Renato Pinheiro Lima
Rev. Silas Palermo Filho
Rev. Vulmar Dutra de Resende
Aos nossos pastores, nossa gratidão e desejo de que vocês se elevem na graça de Deus como poderoso efeito das orações dos justos (Tg. 5.17). Com vocês, subjugaremos o reino das trevas, praticaremos a justiça e da fraqueza tiraremos a força.
Esse é o seu dia! Louvemos a Deus pelo bem da vocação pastoral!

Rev. J. A. Lucas Guimarães
Secretário Executivo - PRST
Compartilhe:

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

CONVOCAÇÃO: 68ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO PRST


Praia Grande/SP, 13 de dezembro de 2016.


Assunto: Convocação da 68ª Reunião Ordinária


Prezados Conselhos e pastores:


Por ordem do Senhor Presidente, Rev. Milton Ribeiro, convoco o Presbitério de Santos (PRST) para se reunir ordinariamente no dia 14 de janeiro de 2017 (sábado) na Igreja Presbiteriana de Guarujá sito à Rua Cavalheiro Nami Jafet, 512 – Centro – Guarujá/SP, tendo início às 9h00 com café da manhã e Ato de Verificação de poderes às 10h00.
No Ato de Verificação de Poderes, os presbíteros representantes das igrejas tomarão assento mediante a apresentação da Credencial, Livro de Atas do Conselho, Relatório e Estatística da referida igreja (CI/IPB, art. 68), e os pastores serão recebidos mediante apresentação da Carteira de Ministro e Relatório Ministerial Anual.
Sendo só o que me cumpre comunicar, despeço-me.


Fraternalmente em Cristo,
  

Rev. José Antônio Lucas Guimarães
Secretário Executivo do PRST
Compartilhe:

Em destaque

COMISSÃO EXECUTIVA 2018 - PRST

SECRETARIA EXECUTIVA - 2018 Em sua 70ª Reunião Ordinária realizada na Igreja Presbiteriana de Cubatão no dia 03/02/18, o PRST elegeu ...

CONFIGURE O TEXTO DA POSTAGEM